top of page
  • carolpanesi

Divina Presença set/2020

Amanhece.

Quão grandiosa a força do despertar telúrico.

Descortina a bruma, a sinfonia do alvorecer.

Luminoso, sonoro e onírico.

No Templo a céu aberto, ofereço em oração à Grande Mãe

a voz do meu silêncio.

Me entrego a este pulsar.

E transbordo, perdendo a linha dos meus corpos, já não sei onde começo ou onde devo terminar.

Integrada no útero de Gaia,

Sinto o fluxo da Deusa,

A Presença, plena, despontar.


11 visualizações4 comentários

Posts recentes

Ver tudo

Solstício de Inverno junho de 2022

Mesmo o dia de maior escuridão, oferta beleza na presença. É o Universo a te atualizar cura em uma velha crença. O outono se despede, a desfolhar de tudo o que não mais serve. Esvazia, emudece, cíclic

A melhor companhia 3/8/22

São tantos os sentidos que me atravessam… Saberes me flecham na luz fria das estrelas, desta noite quente de invisíveis sereias, que cantam silentes e abrem feridas de saudade no coração doente. Seres

A Alquimista agosto 2022

Devo contar-lhes que uma artista é em verdade uma alquimista transcendental . E na tarefa diária e artesanal, escrevo no diário Meus lamentos ilusórios Que Ganham versos e rimas Enquanto o Universo me

bottom of page