• carolpanesi

Do Coração


Houve o dia em que o tempo parou

Pra ouvir uma história de amor.

Que o vento levou bem longe pelo ar.

Ai canta passarinho, cantarola pro meu bem.

Conjuga o verbo amar sem o pronome que é meu.


Voa leve vento e leva embora, a velha vida sem demora, voa amando...


Nesse dia o amante entendeu.

O que o pássaro cigano lhe contou.

São asas pra voar, e o amor tem um par.

Ai voa passarinho, vai o meu amor buscar.

As horas que eu conto não demoram a passar.


Canta tempo, conta a velha história, da Liberdade Senhora vou a mando, amando mais.


Março/2010




6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo