top of page
  • carolpanesi

SAUDADE Set/2010

Me amarga o peito uma enorme saudade

Mas tão espaçosa que me ocupa aqui dentro todo lugar.

E não há outro culpado que não eu mesma

Que se não tiver um amor eu invento,

Pro céu ficar menos cinzento e eu, a suspirar.

E agora, mesmo sem alento, sentindo o

Coração tão espremido, com ela eu não hei de brigar.

Pois a Saudade conta uma história,

Brinda a felicidade de um tempo, em algum lugar.


6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Solstício de Inverno junho de 2022

Mesmo o dia de maior escuridão, oferta beleza na presença. É o Universo a te atualizar cura em uma velha crença. O outono se despede, a desfolhar de tudo o que não mais serve. Esvazia, emudece, cíclic

A melhor companhia 3/8/22

São tantos os sentidos que me atravessam… Saberes me flecham na luz fria das estrelas, desta noite quente de invisíveis sereias, que cantam silentes e abrem feridas de saudade no coração doente. Seres

A Alquimista agosto 2022

Devo contar-lhes que uma artista é em verdade uma alquimista transcendental . E na tarefa diária e artesanal, escrevo no diário Meus lamentos ilusórios Que Ganham versos e rimas Enquanto o Universo me

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page